Programa de matematica 3a serie ensino medio

Nos novos tempos, devido ao desenvolvimento muito rápido dos métodos modernos de computador do MEF (o método dos elementos finitos, ele se defendeu rapidamente com uma ferramenta de análise numérica particularmente prática para várias estruturas. A modelagem FEM é usada há muito tempo em praticamente todas as novas áreas de engenharia, mas na matemática aplicada. Simplificando, o MEF é um método difícil de resolver equações diferenciais e parciais (após discretização prévia no espaço apropriado.

O que é o FEMO método dos elementos finitos é, ao mesmo tempo, o mesmo dos maiores métodos computacionais para determinar tensões, forças generalizadas, deformações e deslocamentos nas estruturas examinadas. A modelagem FEM consiste em um número completo de elementos finitos no plano do corpo. No setor de cada elemento individual, algumas aproximações podem ser feitas e todas as incógnitas (principalmente deslocamentos são apresentadas por uma função de interpolação especial, usando os valores das próprias posições em um número fechado de pontos (comumente conhecido como nós.

Aplicação da modelagem FEMNos tempos modernos, usando o método FEM, a resistência da estrutura, a tensão, o deslocamento e a simulação de todas as deformações são verificadas. Em mecânica de computadores (CAE, com o serviço desta tecnologia, você pode estudar e medir o fluxo de calor e o líquido. O método FEM também é ótimo para pesquisar dinâmicas, estáticas de máquinas, cinemáticas e interações magnetostáticas, eletromagnéticas e eletrostáticas. Modelagem FEM que pode ser obtida em 2D (espaço bidimensional, onde a discretização se refere principalmente à divisão de um departamento específico em triângulos. Graças a este formulário, podemos contar os valores que aparecem na seleção de um determinado sistema. No entanto, esta política tem boas restrições a serem lembradas.

As maiores vantagens e desvantagens do método FEMA vantagem mais importante do MEF é a possibilidade absoluta de obter resultados adequados mesmo para formas muito difíceis, para as quais era importante realizar os cálculos analíticos usuais. Na implementação, isso significa que os problemas podem ser reproduzidos na memória do computador, sem a necessidade de criar protótipos caros. Esse processo simplifica bastante todo o processo de design.A divisão da área estudada em elementos ainda mais fracos resulta em resultados de cálculo mais precisos. Deve ser lembrado e comprado com uma demanda muito maior pela escala computacional dos computadores modernos. Também deve ser lembrado que, nesse caso, deve-se estimar seriamente com alguns erros de cálculo provenientes de aproximações múltiplas de valores processados. Se a área estudada for guiada por várias centenas de milhares de elementos diferentes que as propriedades não lineares podem fazer, nessa situação o cálculo deseja ser perfeitamente modificado em novas iterações, para que a solução final seja saudável.